Salmos

Provérbios







terça-feira, 18 de maio de 2010

AS MARCAS DA IGREJA VIVA DE CRISTO.

AS MARCAS DA IGREJA VIVA DE CRISTO.



Texto Bíblico: “Assim, pois, a Igreja em toda a Judéia, Galiléia e Samaria, tinha paz, sendo edificada, e andando no temor do Senhor; e, pelo auxilio do Espírito Santo, se multiplicava.” (Atos 9:31)



INTRODUCÃO: Neste pequeno texto do livro de Atos dos Apóstolos, Lucas nos apresenta 5 marcas evidentes da Igreja Viva de Cristo.

Discute-se muito nos nossos dias no que seja a Igreja Viva. Para alguns, Igreja Viva é aquela que tem culto todos os dias, para outros é aquela que tem o louvor animado um super ministério de louvor e adoração, para outros é aquela onde há milagres e prodígios e ainda dizem: “esta igreja tem poder!”, para outros onde há muita oração e para outros onde há muita gente. Ter culto todos os dias nunca foi evidencia de vida na vida da igreja, pois o que acontece na grande maioria das vezes é religiosidade e não espiritualidade, não é a quantidade de cultos que vai atestar a vida da igreja, mas a qualidade do culto que é prestado. O que adianta ter um louvor maravilhoso e o culto ser vazio da palavra de Deus, pois o que mais se vê é culto animado, mas de palavra superficial, ou seja, rasa de pouca profundidade. Fala-se tanto dos lugares de peregrinação do catolicismo que os crentes estão pagando pela língua, pois qual a diferença de Bom Jesus da Lapa e do templo dos Milagres do Apóstolo Valdomiro Santiago, nenhuma! Eles querem o milagre de Deus ao invés do Deus dos milagres. E muitas das vezes nos esquecemos do que Jesus nos Falou: “E estes sinais seguiram os que crêem”. Não somos nós que temos que correr atrás dos milagres é eles que têm que correr atrás de nós. Orar é dever de todo Crente, mas oração sem ação não serve pra nada e o que tem de gente só orando se esquecendo de agir. Deus só faz aquilo que agente não pode fazer. E o que dizer das “Super Igrejas”, quantidade nunca foi sinônimo de qualidade, antes ter 50 com fidelidade, compromisso e dedicação do que 500 relaxados e infiéis, ou seja, crente de tudo quanto é tipo.

Então quais as marcas da Igreja Viva que Lucas evidência em Atos dos Apóstolos?



I-MARCA: Tinha Paz- A Igreja Viva é um lugar de paz, onde os salvos sentem a paz de seu Senhor. A paz é evidenciada em todos os seus aspectos, fora da igreja é que não existe paz, pois o mundo é lugar de guerra e aflição e paz só em Jesus: “Eu lhes disse essas coisas para que em mim vocês tenham paz. Neste mundo vocês terão aflições; mas tenham bom ânimo! Eu venci o Mundo”. (João 16:33) A nossa paz não é efêmera como a falsa paz do mundo, mas é eterna e ela é permanente e Lucas evidenciou isto na vida da Igreja Primitiva e a igreja dos nossos dias precisam ter a paz que o nosso mundo conturbado precisa. Mas é lamentável afirmarmos que muita gente vive dentro das igrejas sem ainda experimentarem a paz de Cristo e além de não terem paz com Cristo também não têm paz com aqueles que vivem a sua volta se esquecendo da recomendação dada pela palavra de Deus: “Segui a paz com todos, e a santificação; sem a qual ninguém verá o Senhor”. (Hebreus 12:14) E nós ficaremos sem esta marca?



II-MARCA: Era Edificada- Tem igrejas por aí a fora que não edifica nada. Não edifica templo, não edifica a vida dos crentes, não edifica a vida do pastor, não edifica a vida do povo do contexto onde ela esta inserida e nem tampouco edifica o nome de Deus e de Cristo. Por mais difícil que pareça existe igrejas assim. Mas quando Jesus criou a Igreja Ele disse: “E sobre esta pedra edificarei a minha Igreja e as portas do inferno não prevaleceram contra ela”. (Mateus 16:18) A igreja existe para edificar se ela não esta edificando alguma coisa esta errado. A Igreja existe para edificar tudo a sua volta ela nega a sua natureza quando não faz isso e, portanto deixa de ser igreja ela pode ser qualquer coisa menos igreja. E nós ficaremos sem esta marca?



III- Andava no Temor do Senhor- Este texto de Atos 9:31 não é a primeira vez que Lucas faz referencia ao temor da igreja ao seu Senhor, já no capítulo 2:43 ele diz: “Em cada alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais eram feitos pelos Apóstolos”. Essa marca é um referencial para todas as outras, pois sem temor é impossível agradar a Deus. Como irei ter paz, sem ter temor, como irei edificar sem ter temor, como poderei ser auxiliado pelo Espírito Santo sem ter temor, como a igreja pode se multiplicar sem haver temor. O temor ao Senhor é o principio de toda a sabedoria. E nós ficaremos sem esta marca?



IV- MARCA: Era Auxiliada Pelo Espírito Santo- Muitas igrejas há muito tempo deixaram de ser auxiliadas pelo Espírito Santo. Hoje elas são auxiliadas pelo corpo diaconal, pelo presbitério, pela comissão de finanças, pela comissão jurídica, pela comissão patrimonial, pela comissão pastoral e etc. Menos pelo Espírito Santo. Até quando o Espírito Santo não terá o seu lugar de direito, o lugar que lhe é devido de orientador da igreja. Talvez as igrejas dos nossos dias estejam sem direção pelo fato de o orientador não estar na direção de via e de fato. O Espírito da Verdade é a bússola da Igreja sem Ele a Igreja esta perdida, sem rumo e sem direção ela esta a deriva e muitas já afundaram e muitas outras vão afundar e isto pelo simples fato de não terem o Espírito da Verdade no manche do barco. E nós ficaremos sem esta marca?



V- MARCA: Ela se Multiplicava- Ao contrário de muitas igrejas dos nossos dias a Igreja primitiva crescia em quantidade e em qualidade, o crescimento ideal, planejado e idealizado por Deus. Hoje, na grande maioria das vezes as igrejas só se preocupam em crescer na quantidade sem se importar com a qualidade e não é de se admirar tantas heresias e aberrações no meio do dito “povo de Deus”. Pois o crescimento desordenado ele é prejudicial em vez de ser benéfico. Eu como pastor não desejo crescimento numérico sem o espiritual, pois sei que seria uma desgraça para a vida da igreja e do meu ministério. Mas crescer em conhecimento, em sabedoria, em espiritualidade, em comunhão, em unidade, em adoração, em fé e por fim em número. E nós ficaremos sem esta marca?



CONCLUSÃO: Por fim, que nós a Igreja Viva do Deus Vivo tenhamos as verdadeiras marcas da Igreja Viva, paz, edificação, temor, auxilio e multiplicação e assim o Deus de toda graça complete em nós tudo o quê nos é necessário. Amém e Amém.



PASTOR LUIZ ORLANDO SOUZA

Nenhum comentário:

Postar um comentário