Salmos

Provérbios







terça-feira, 25 de maio de 2010

Criaça sinal de salvação

criança sinal de salvação




A criança é também sinal da salvação de Deus. Vemos isso desde os primeiros livros da Bíblia, quando o Êxodo de 1.1-2.10 relata a articulação das mulheres (as parteiras, a mãe e a irmã de Moisés, a filha de Faraó e suas donzelas) para salvar a vida de um bebê do infanticídio[1] ordenado pelo Faraó. Para os hebreus, cativos no Egito, a proteção da vida daquele bebê foi a recuperação da esperança de libertação. O pequeno Moisés trouxe alegria porque nele estava a expectativa e a espera da bênção de Deus em sua plenitude – a libertação do cativeiro egípcio.


Os profetas falavam do messias como uma criança: “um pequenino os guiará” (Is 11.6). Por mais frágil e indefesa que a criança seja, a pessoa escolhida para ser o ungido de Deus seria fortalecida por Ele, por isso “a criança brincará sobre a toca da áspide, e o já desmamado meterá a mão na cova do basilisco” (Is 11.8). O messias criança é sinal da presença do próprio Deus entre o seu povo, “eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho e lhe chamará Emanuel” (Is 7.14); (o nome Emanuel significa Deus conosco). Em sua pouca idade e de acordo com suas possibilidades a criança já participa dos propósitos de Deus, contribuindo para a construção do seu Reino. É por isso que gostamos tanto de histórias e músicas que tratam de personagens bíblicos como Moisés, Isaque, Samuel, Davi, João Batista e Jesus.













Quando falar de Jesus para as crianças e como praticar o

ensino bíblico de acordo com a idade da criança.



Idade da criança

Alguns pensam que somente devemos falar de Jesus para as crianças quando elas já sabem o que é certo e o que é errado.

Ou seja, quando entram na chamada “idade da consciência”.

Outros entendem que o homem tem que saber, desde pequeno, que é um pecador.



Quando falar de Jesus para as crianças?

Parece-nos que o melhor é apresentar Jesus às crianças o mais cedo possível.

Tomando-se, no entanto, o devido cuidado no modo de apresentar-lhes o ensino bíblico, que deverá levar em conta a idade da criança.

Na fase inicial da vida não há necessidade de falarmos de pecado e de culpa para as crianças.

Mas, sim, devemos encher o seu coração da presença de Deus através do ensino bíblico, de louvores e de oração.

Isto vai ajudá-las a permanecerem com o coração limpo e o temor a Deus.



O que Jesus disse sobre as crianças?

A respeito das crianças, Jesus mesmo disse:

"...dos tais é o Reino de Deus" (Marcos 10:14) e

"... os seus anjos nos céus sempre vêem a face de meu Pai que

está nos céus" (Mateus 18:10).



Jesus Cristo, o Salvador de todas as pessoas

Quando a idade da criança permitir que ela entenda o que é certo e o que é errado, então ela saberá quando desobedeceu a Deus.

Ela também poderá compreender que Cristo morreu por ela.

E que os seus pecados podem ser perdoados, crendo em Jesus e o aceitando como seu Salvador.



Primeiro em casa

Os pais devem falar de Jesus a seus filhos desde cedo.

Contar histórias da Bíblia, cantar e orar juntos.

Veja o que Deus ordenou à nação de Israel, por meio de Moisés:

“E estas palavras que hoje te ordeno estarão no teu coração; e as intimarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te, e levantando-te”

(Deuteronômio 6:6-7).






Nenhum comentário:

Postar um comentário