Salmos

Provérbios







segunda-feira, 31 de maio de 2010

Prncípios para um namoro cristão



O NAMORO CRISTÃO





Namorar todo jovem quer, mas como fica os princípios de Deus num namoro cristão? Como devem se comportar, agir e continuar um namoro dentro das bênçãos de Deus?

Princípios para um Namoro Cristão



1. O Conceito de Namoro



Podemos dizer que o costume ocidental do namoro não é totalmente bíblico, pois não encontramos onde este tipo de amizade chama-se namoro. Geralmente os pais escolhiam os companheiros para seus filhos e quando um jovem demonstrava interesse em uma moça, era já pensando em casamento. A Bíblia fala em noivado, que é o período antes do casamento. Este período é tão importante, que é feito uma comparação entre Cristo e a Igreja. Abraão, Isaque, Jacó, Moisés, Davi, Salomão e outros, provavelmente tenham namorado com suas esposas, porém pouco temos sobre este período de relacionamento. Isaque e Rebeca (Gn. 24.63, 67); Jacó e Raquel (Gn. 29.9, 20); Sansão (Jz. 14 - casamento misto); Boaz e Rute (Rt. 2.5); Davi e Mical (I Sm. 19.12 e 25.44); José e Maria (Mt. 1.18); Salomão e Sulamita (Ct. 1).

A palavra “namorar” na língua portuguesa significa: empenhar-se em inspirar amor a alguém; galantear, cortejar, requestar; inspirar amor a ou tornar-se amoroso; apaixonar(-se), seduzir ou deixar(-se) seduzir, atrair ou sentir(-se) atraído; terem duas pessoas relacionamento amoroso em que a aproximação física e psíquica, fundada numa atração recíproca, aspira à continuidade; enlevar-se, encantar-se.

A prática do namoro cristão cosntiutui-se em uma preparação. Um período extremamente importante na vida de dois jovens cristãos e de muitas responsabilidades. Representa um período de transição entre dois jovens ou adultos, um homem e uma mulher, crentes no Senhor Jesus Cristo, sendo que ambos devem ter um bom nível de maturidade. Ambos mantém um bom ritmo de comunicação, sendo através deste relacionamento orientados e preparados por Deus para um futuro casamento. Namoro cristão deve sempre visar o casamento. Um namoro que não tem como alvo um futuro casamento, sequer deve ser iniciado.

Embora o desejo seja que ambos se tornem íntimos em seu relacionamento, isso não quer dizer liberdade no aspecto físico e muito menos liberdade sexual entre o casal de namorados. A relação sexual está destinada a ser desfrutada apenas entre pessoas devidamente casadas (Hebreus 13.4; Gênesis 2.24; Cantares de Salomão 4.12; 1Tessalonicenses 4.3-5; Colossenses 3.5-6; 1Coríntios 6.15-20; 1Timóteo 5.22; 2Timóteo 2.22).

Este é um período de conhecimento mútuo, conhecimento da alma, do coração, nunca do físico um do outro. O aspecto físico está destinado para depois do casamento. Portanto, exige disciplina própria, vigilância constante. É um tempo onde se obtém oportunidade de duas personalidades diferentes se harmonizarem, conhecerem um ao outro. Comunhão espiritual é fator primordial. Lembre-se que quanto mais próximo cada um estiver de Deus, mais próximo estarão um do outro. Este período também serve para confirmar a perfeita vontade de Deus para a vida de ambos.





2. O Padrão de Deus para o namoro



O padrão de Deus para um namoro bem sucedido se apresenta em trës dimensões: espiritual, da alma e do corpo.



a) Espiritual – forte. Deus em primeiro lugar, nunca o namorado (a). O jovem cristão de vê consultar a Deus quando tiveres de escolher uma companheira(o) para a vida. Baseia a tua escolha em algo mais que a atração física. Escolhe uma companheira(o) na qual o teu interesse e o teu amor continuarão depois que as forças físicas começarem a desvanecer. Não procures, tão pouco, perfeição absoluta, porque tu mesmo não és perfeito. Certo ensinador disse: "Passamos a amar não quando encontramos uma pessoa pefeita, mas quando aprendemos a ver perfeitamente uma pessoa imperfeita." A escolha do companheiro para o resto da vida é demasiadamente importante. Por isso, o maior segredo é esperar em Deus. Esperar em Deus é uma atitude passiva, mas é algo muito ativo. Esperar em Deus exige que lutemos contra nossas próprias idéias, nossos arranjos, nossas saídas de emergência. Esperar em Deus demanda que lutemos contra a ansiedade, contra os temores, contra a falta de fé e contra o impulso de nossa carne de querer ajudar a Deus. Esperar em Deus leva-nos a voltar sempre os olhos para o Senhor,o invisível Soberano, e afastá-los de tudo que é visível, lógico e palpável – essas coisas querem provar que é inútil esperar Deus agir, por isso não devemos dar ouvidos às razões da carne. Esperar em Deus não é cruzar os braços e esperar que as coisas simplesmente aconteçam, mas é dobrar os joelhos, orar e esperar o momento de Deus cumprir Sua vontade. Esperar em Deus é mesmo chorando diante de Sua presença, dizer-lhe que ama Sua vontade, ainda que não a compreenda plenamente. Espera em Deus é desistir de qualquer ação ou pensamento, a não ser o de descansar em Seus braços, confiante em Seu amor e desígnios. "Somente em Deus, ó minha alma, espera silenciosa. Espera . . . no Senhor, desde agora e para Sempre." ( Salmos 62:1/ 131:3)"

b) Vontade, emoções e mente dentro do plano de Deus.

Salomão escreveu: "Há amigo mais chegado que um irmão" (Pv. 18.24). Já que não temos um ensinamento claro na Bíblia sobre namoro, devemos dar uma orientação cristã no assunto. O primeiro relacionamento entre dois jovens deveria ser uma amizade e não um namoro. Tanto a moça como o rapaz deve ter e fazer muitas amizades e dente essas amizades escolher quem quer namorar. A Palavra de Deus exorta os jovens para que sejam moderados (Tito 2:6) Dentro desse espírito de moderação, os jovens podem, sim, ter um namoro santo, realizado entre duas pessoas com propósito sincero de unirem-se diante de Deus em casamento.

Disse certo o poeta: "O maior gesto de amor não está nos braços que se enlaçam, nem nos lábios que se tocam, mas nos joelhos que se dobram, para uma oração lado a lado". As atitudes espirituais de um casal determinam o quanto se amam. A questão do namoro cristão gera ainda muitas dúvidas e conflitos na vida de muitos jovens. Na verdade, Deus quer que os jovens desfrutem de sua juventude porem de forma moderada (Ec. 11:9,10). A Bíblia é clara ao dizer para fugir dos desejos da mocidade (II Tim. 2:22). O namoro, sem que cada um cuide de si mesmo, é a ocasião propicia para o despertamento dos desejos da juventude. Mas o moço e a moca que ocupam-se em meditar e guardar a Palavra de Deus em seu coração, passam a ser jovens guiados pelo Espírito Santo, tementes a Deus, preservando-se para uma união saudável com o seu futuro cônjuge, enquanto os jovens descrentes logo cedo estragam suas vidas nas práticas carnais. Infelizmente, muitos cristãos não sabem esperar até o casamento. Logo que vem os "desejos da mocidade" cedem á tentação, envolvendo-se em um relacionamento impuro.



b) Corpo (físico) – sob controle. Quando nos conscientizamos que somos servos do Senhor, e que, a nossa vontade deve estar sujeita ao nosso dono e com a idéia que nosso corpo é Templo do Espírito de Deus; chegamos à conclusão: não temos qualquer autoridade de usá-lo de uma forma diferente da considerada santa. É preciso andarmos no equilíbrio, sem os exageros comuns aos filhos do mundo. O jovens cristãos devem por amor desejarem ter um diferencial que é resultado de nossa comunhão com o Senhor.



Fonte: Desconhecida.
 
 
 

sábado, 29 de maio de 2010

ONDE PASSARÁS A ETERNIDADE?



"Porque toda a carne é como a erva, e toda a glória do homem como a flor da erva. Secou-se a erva, e caiu a sua flor." (1Pe 1:24) Você sabe o que é a eternidade? Muitos não sabem que após a morte existe um juízo e uma eternidade: Uma para a vida eterna e outra para a vergonha eterna. Uns reinarão com Cristo para sempre, e outros no castigo eterno. Você já parou para pensar que toda a humanidade tem que passar por isso? Mas vejo que muita gente não está nem aí, porque não tem certeza nem convicção pra onde vai após a morte. E ainda dizem: "Alma, tens em depósito muitos bens para muitos anos; descansa, come, bebe e folga. Mas Deus lhe disse: Louco! esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será?" (Lc 12:19,20) A nossa vida é como a flor da erva, que passa rapidamente. "A duração da nossa vida é de setenta anos; e se alguns, pela sua robustez, chegam a oitenta anos, a medida deles é canseira e enfado; pois passa rapidamente, e nós voamos." (Sl 90:10) Observe o ciclo da vida: É uma criança, de repente se torna um adolescente e depois um adulto. Mas quando se fala da velhice, alguns até discutem com o outro, porque não aceitam sua própria velhice, porque o seu tempo se aproxima. Mas quando temos certeza da Vida Eterna, temos confiança em Deus, porque Ele é fiel para cumprir Sua promessa. Ele disse que alguns não provarão a morte: "E em verdade vos digo que, dos que aqui estão, alguns há que não provarão a morte até que vejam o reino de Deus." (Lc 9:27) Ele mesmo disse para Maria: "Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá." (Jo 11:25) Como conseguiremos isso? Se nós deixarmos o Senhor nos curar interiormente no nosso coração. Porque alguns não têm certeza da salvação, pois não deixam o Senhor fazer morada totalmente no seu íntimo.
 
É tão facil, mas infelizmente muitos ainda não alcançaram essa dádiva de Deus nas suas vidas. São até mesmo pessoas religiosas, mas as Escrituras dizem: "Bem profetizou Isaías acerca de vós, hipócritas, como está escrito: Este povo honra-me com os lábios, mas o seu coração está longe de mim." (Mc 7:6) Portanto, "hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais os vossos corações" (Hb 4:7), porque o Senhor virá de surpresa na vida de muitos que não estão vigiando. "Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará." (Gl 6:7) Ninguém sabe a hora nem o momento de sair deste mundo para a eternidade. Mas "buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas." (Mt 6:33) O mais interessante é que muitos têm a certeza da Vida Eterna por viverem em obediência, e outros não têm porque vivem em desobediência. Portanto, o Senhor lhe convida hoje para se entregar totalmente a Ele, para que você possa alcançar a Vida Eterna para sempre!

sexta-feira, 28 de maio de 2010




NÃO AMEIS O MUNDO



"Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele."(1Jo 2:15) Muitos querem viver em constante festividade, se regozijam com o Natal, Ano Novo, Carnaval, Páscoa, Dia das Mães, Dia dos Namorados, Dia dos Pais, Dia das Crianças, etc. Hoje o homem ama mais a criatura do que o Criador (Rm 1:25) e esquece que a maior e verdadeira alegria está em adorar ao Senhor. Espera chegar a sexta-feira para ir tomar a sua cervejinha para "relaxar", ir para as baladas dizendo que está "curtindo" a vida. Mas o Senhor te diz: "Louco! esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será?"(Lc 12:20) Deus tem dado oportunidade para muitos que estão enganados, curtindo a vida com coisas que destroem o seu corpo aos poucos e esquecem que haverá um acerto de contas no juízo final. "E não há criatura alguma encoberta diante dele; antes todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos daquele a quem havemos de prestar contas."(Hb 4:13) Muitos pensam que a vida neste corpo físico é eterna, e não lembram que existe um prazo de vida. "A duração da nossa vida é de setenta anos; e se alguns, pela sua robustez, chegam a oitenta anos, a medida deles é canseira e enfado; pois passa rapidamente, e nós voamos."(Sl 90:10) A velhice chega rápida e um dia a pessoa acorda e vê o que ela fez com a sua vida? Por isso "Lembra-te também do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos em que dirás: Não tenho prazer neles."(Ec 12:1)Vivemos hoje uma época em que a tecnologia avançou tanto na área dos cosméticos que os salões de beleza viraram uma grande empresa para rejuvenescer milhões de pessoas que não aceitam a sua idade, e ainda continuam no pecado. Mas assim diz o Senhor: "Vinde a mim, todos os que estai cansados e oprimidos."(Mt 11:28)
 
 
 
Amanhã pode ser tarde!
 
 
 

NÃO TOQUE NOS UNGIDOS DO SENHOR!


NÃO TOQUE NOS UNGIDOS DO SENHOR!



"Não toqueis os meus ungidos, e aos meus profetas não façais mal."(1Cr 16:22) Não toque nos ungidos do Senhor! Temos visto vários exemplos dentro da Bíblia, de que todos os que tocaram nos ungidos de Deus foram destruídos. Um exemplo foi Jezabel, que disse que iria arrancar a cabeça de Elias, mas ela mesma teve sua carne comida pelos cães. (2Re 9:36) Muitos têm tocado nos ungidos do Senhor, principalmente irmãos dentro das igrejas. Gostam de falar mal do seu pastor e de seus líderes, e esse espírito de fofoca tem entrado em muitos. E vão de mal a pior por causa da sua língua, pois não conseguiram ainda uma libertação na sua vida, nem guardar a Palavra do Senhor no seu coração. Saem da sua congregação murmurando e falando mal da igreja, mas o grande problema está nele mesmo, que não se converte. E assim existem muitos. "E qualquer que escandizar um destes pequeninos que crêem em mim, melhor lhe fora que pusessem ao pescoço uma mó de atafona, e que fosse lançado no mar."(Mc 9:42) No tempo dos profetas, Deus sempre levantava um homem para profetizar entre as nações. Assim também acontece nos dias de hoje: O Senhor tem levantado homens, mulheres e até crianças cheios de poder, com espinhos e dificuldades, pois não é fácil falar a Verdade as pessoas. E todos aqueles que tocam nos ungidos de Deus pagam um grande preço, estão sofrendo grandes lutas e não sabem porquê. Não têm coragem de pedir perdão àquele que magoou, e enquanto não pedem perdão, vão de mal a pior. 
 
 



Quem toca nos ungidos do Senhor, toca na própria menina dos olhos de Deus! Por isso se tem alguém dessa forma, reconcilie-se o mais rápido possível com o seu irmão, para que possa receber a sua bênção, pois essas coisas têm grande impedimento diante do Senhor."Não toqueis os meus ungidos, e não maltrateis os meus profetas."(Sl 105:15) .



VOCÊ CONSEGUE OLHAR O PLANETA TERRA?



VOCÊ CONSEGUE OLHAR O PLANETA TERRA?



Você consegue olhar o Planeta Terra como Deus olha? Ao olhar a sua volta, você pode contemplar o sofrimento de bilhões de pessoas. Imagina o olhar de Deus olhando para o planeta Terra! Desde o princípio da criação, Deus sempre quis que a humanidade vivesse em santificação, para que houvesse paz e harmonia uns com os outros. Na realidade, a culpa do pecado não recai totalmente sobre o homem e a mulher, criados por Deus, mas sim aos anjos caídos, responsáveis pelo mal do planeta Terra. Porisso é que o amor de Deus está derramado sobre a humanidade. O próprio Deus se fez homem para desfazer todas as obras do diabo. A Bíblia diz que o Senhor olhou Jerusalém de longe e chorou: "Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas, e apedrejas os que te são enviados! Quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintos debaixo das asas, e tu não quiseste!" (Mt 23:37) Da mesma forma Ele quer nos resguardar do mal, nos protegendo, mas para isso Ele precisa do seu consentimento. Estamos vivendo numa época de tanta hipocrisia onde muitos que se dizem crentes, não se importam com o sofrimento daqueles que estão a sua volta. Não conseguem olhar como o Senhor olha dos altos céus, até mesmo com lágrimas, porque não nasceu o amor de Deus em seus corações. Pois quando isso acontece, eles verdadeiramente amarão o seu próximo como a si mesmo. Na realidade vivemos num mundo dividido entre o reino de Deus e o reino das trevas. No reino de Deus é alegria, gozo, paz. Mas no reino das trevas somente tristeza, fracasso, sofrimento, derrota e miséria. Eu não sei em qual reino você está vivendo, se no reino de Deus ou no reino das trevas. 

Como Deus respeita o livre arbítrio do homem, de escolher entre a luz e as trevas, isso fica a critério do próprio homem. No reino de Deus existem tantas maravilhas de bênçãos e vitórias na nossa vida, mas muitas pessoas, que até dizem que têm Deus no coração, preferem as ilusões deste mundo onde tudo perece, do que ter uma doce paz e harmonia com o Eterno; simplesmente porque não querem obedecer a Deus, mas sim fazer a sua própria vontade.
 
 
 
Mas ouve a doce voz do Senhor, que hoje te diz: "Escolhe pois a vida, para que vivas." (Dt 30:19)
 
 
 
Que o Senhor te abençoe!
 
 
 
 
 
 
 
 

OS FRUTOS DA FIGUEIRA


OS FRUTOS DA FIGUEIRA



Eu não sei qual é o cerco da sua vida que você está passando. Muitas vezes Deus sacode a árvore da figueira para ver se alguns frutos estão alicerçados nos seus ramos. Temos visto Deus sacudindo a figueira e muitos frutos não estão seguros, logo caem no chão. Ele sacode a figueira pois quer ver a nossa estrutura, se estamos realmente alicerçados na rocha. Vejam o que diz esta Parábola: “Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha. E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha. E aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia."(Mt 7:24a26) "E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda.” (Mt 7:27) Assim são muitos que não conseguiram nascer de novo. Estão cheios de sabedoria e palavras persuasivas humanas, mas na hora que Deus sacode a figueira, logo vemos os seus frutos, aonde a árvore está alicerçada, porque não foi adubada no ministério da Palavra e não deixou a Palavra penetrar no seu íntimo. Existem milhões desta forma dentro das igrejas, que nem fazem nada e nem deixam aquele que quer fazer, que está cheio do Espírito de Deus. E a figueira está balançando, porque Deus sabe a árvore que está alicerçada. Deus diz: “Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.” (2 Tim 2:15) Que você esteja com o seu altar diante dEle, aprovado e não tendo do que se envergonhar, mas que esteja apto para manejar a palavra da verdade para que milhões de vida venham se render aos pés do Senhor. Crucifica tua carne no Senhor, senão você não sai do lugar, porque o próprio Senhor permite o seu cachorro, que é o demônio, dar uma sacudida na figueira. 












Crucifica tua carne no Senhor, senão você não sai do lugar, porque o próprio Senhor permite o seu cachorro, que é o demônio, dar uma sacudida na figueira.



Que o Senhor te abençoe!

VOCÊ SABIA QUE D'US QUER O TUDO DA SUA VIDA?



VOCÊ SABIA QUE DEUS QUER O TUDO DA SUA VIDA?



Você sabia que Deus quer o tudo da sua vida? Mas muitos não tem dado nem a metade de sua vida a Deus, porque isso requer uma renúncia. Vemos o exemplo de 3 discípulos que queriam seguir ao Senhor:"E aconteceu que, indo eles pelo caminho, lhe disse um: Senhor, seguir-te-ei para onde quer que fores. E disse-lhe Jesus: As raposas têm covis, e as aves do céu, ninhos, mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça. E disse a outro: Segue-me. Mas ele respondeu: Senhor, deixa que primeiro eu vá a enterrar meu pai. Mas Jesus lhe observou: Deixa aos mortos o enterrar os seus mortos; porém tu vai e anuncia o reino de Deus. Disse também outro: Senhor, eu te seguirei, mas deixa-me despedir primeiro dos que estão em minha casa. E Jesus lhe disse: Ninguém, que lança mão do arado e olha para trás, é apto para o reino de Deus."(Lc9:57a62) Muitos têm uma grande chamada perante Deus, mas por causa de muitos afazeres desta vida e preocupados em ajuntar tesouros, deixam o Senhor em segundo plano. Disso advém conseqüências pesadas e muitas tribulações, e mesmo tendo consciência de sua omissão em obedecer ao Senhor, ficam se perguntando por que sobreveio tudo isso. Deus quando tem uma chamada especial na nossa vida, não adianta ficarmos resistindo. Veja o exemplo de Jonas, Deus mandou ele para Nínive, ele foi para Társis. Foi preciso uma grande tempestade para acordá-lo. Muitos assim se encontram, num sono espiritual de sua chamada perante Deus. Não espere ser engolido pelo grande peixe, para então clamar! Existem muitas pessoas dentro das igrejas que têm chamada específica diante de Deus, mas ficam só na rotina de braços cruzados, enquanto milhares de vidas estão perecendo. A quem é melhor obedecer: a chamada do Senhor ou a seu próprio "eu"? Retome a mão no arado e lance a semente, como o bom semeador para o qual foste chamado!
 
 
 
Que o Senhor te abençoe!


Os cristãos e os fetejos juninos


CONSIDERAÇÕES SOBRE A “FESTA DE SÃO JOÃO”



Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Biblia Online

Originalmente o calendário religioso utilizado pela Igreja era uma adaptação dos calendários grego e romano, e portanto foi bastante influenciado por importantes eventos pagãos.



1. AS FESTIVIDADES RELIGIOSAS.



A partir da Idade Média, o calendário romano foi definitivamente adotado (“cristianizado”) passando a ser utilizado por toda igreja ocidental, quando foram incluídos a celebração das festas dos “santos” e dos “mártires”. Daí surgiu o atual “calendário dos santos da Igreja católica” (a Igreja Católica dedica aproximadamente 42 dias no ano a um(a) santo(a)). Vários grupos protestantes eliminaram completamente o calendário religioso, celebrando apenas alguns eventos que consideram importantes (ex: Natal).



2. DEFINIÇÃO DE ALGUNS TERMOS:



Santo: No Antigo testamento a palavra hebraica mais usada (cerca de 116 vezes) para descrever “santo” é “KADOSH”, que significa “separado”. No Novo Testamento a palavra grega para “santo” é “ÁGIOS”, que aparece 230 vezes de Mateus a Apocalipse, e significa “separados pelo Senhor como Sua possessão peculiar”.



“Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus…” (1 Pedro 2.9)



Na Igreja Primitiva todos os crentes eram chamados de “santos”, mesmo quando o seu caráter ainda não estava completamente formado (ex: At 9.13, 32; 26.10; Rm. 8.27; 12.13; 15.25,26).



“…segundo a vontade de Deus é que Ele (Jesus) intercede pelos santos”. (Romanos 8.27)



“Ele mesmo concedeu uns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, outros para pastores e mestres, com vistas ao aperfeiçoamento dos santos para o desempenho do seu serviço, para a edificação do Corpo de Cristo”. (Efésios 4.11,12)



Canonização: Dentro do catolicismo romano este é o nome dado ao decreto que inclui uma pessoa na categoria dos “santos”, os quais são recomendados à veneração dos fiéis. A condição para que a pessoa seja “beatificada” é que já tenha falecido e que pelo menos dois de “seus milagres” tenham sido confirmados. O papa, então, proclama a canonização.



De acordo com a teologia romanista, os indivíduos canonizados acumularam um tesouro de méritos, mediante suas vidas “inculpáveis” e a prática de “boas obras”. Esses méritos em “reserva”, então, podem ser colocados à disposição de cristãos de menor envergadura, em resposta às orações feitas aos “santos”.



A palavra de Deus declara que existe apenas um Mediador e Intercessor entre Deus e os homens: Jesus Cristo.



“Porquanto há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo, homem”. (1 Timóteo 2.5)



“…o qual está à direita de Deus e também intercede por nós”. (Romanos 8.34)



3. A QUESTÃO DA IDOLATRIA



Idolatria, no grego “EIDOLOLATRIA” significa: “culto aos falsos deuses” ou “adoração de ídolos”. Esta adoração pode se referir a ídolos ou imagens propriamente ditas, ou então a tudo aquilo que porventura ocupe o lugar de Deus no coração do homem. Por que Deus abomina qualquer tipo de idolatria?



- Sl 115.4-7; 1 Co 8.4 – A Bíblia afirma que o ídolo em si é apenas um pedaço de madeira, pedra, etc., esculpido por mãos humanas, que nenhum poder tem em si mesmo.



- Êx 20.3-5; Is 42.8 – O nosso Deus não divide a sua Glória com ninguém.



- Ez 14.3,4 – Note que há ídolos que levantamos em nossos corações (ex: avareza: Cl 3.5). Precisamos identificá-los e renunciar a sua força em nós.



- Dt 18.9-12; Is 8.19,20 – O ato de comungar com pessoas que já morreram ou idolatrá-las está ligado à prática do espiritismo, magia negra, leitura de sorte, feitiçaria, bruxaria, etc. Segundo as escrituras, todas estas práticas envolvem submissão e culto aos demônios, e são abomináveis ao Senhor.



OBS: a definição da Enciclopédia Britânica (BARSA) para FESTA RELIGIOSA é: Um dia consagrado à memória ou à comemoração de um evento histórico religioso.



- Dt 32.17; Sl 106.36; 1 Co 10.20,28 – Por traz de cada ídolo há demônios que estão agindo, os quais são seres sobrenaturais controlados pelo Diabo. Noutras palavras, o poder que age por detrás da idolatria é o dos demônios.



Ex: Alguns “santos” da Igreja Católica e sua correlação com entidades espíritas:



- Iemanjá x Senhora Aparecida.



- Xangô x São Jerônimo.



- Oxossi x São Sebastião.



- Iorí x Cosme e Damião.



4. A CELEBRAÇÃO DO “DIA DE SÃO JOÃO”



Registros históricos declaram que no século sexto, missionários foram enviados para o norte da Europa para juntar pagãos ao grupo romano. Eles descobriram que o dia 24 de junho era muito popular entre esses povos, pois era quando ocorria o solstício de verão (solstício: época em que o sol afasta-se o máximo possível da linha do equador). Procuraram, então, cristianizar este dia, mas como? Por esse tempo o 25 de dezembro havia sido adotado pela igreja romanista como o natalício de Cristo. Desde que 24 de junho era aproximadamente seis meses antes de 25 de dezembro, por que não chamar este o natalício de João Batista? João nasceu, devemos lembrar, seis meses antes de Jesus (Lc. 1:26,36). Assim sendo, o dia 24 de junho passou a ser conhecido no calendário papal como sendo o Dia de São João.



Na Bretanha (Inglaterra), antes da entrada do cristianismo, o 24 de junho era celebrado pelos druidas com fogos de artifícios em honra ao deus Baal. Quando este dia tornou-se dedicado a São João, os fogos sagrados também foram adotados e tornaram-se “as fogueiras de São João”!



Ainda hoje o dia 24 de junho é largamente celebrado na Escandinávia, na Alemanha e na Finlândia com fogueiras pagãs. A história relata que até o século passado os camponeses da Finlândia praticavam encantamentos mágicos durante o solstício de verão, a fim de obterem maior fertilidade nos animais.



No Brasil as “festas juninas” são realizadas em todo o país no mês de junho (daí o nome “juninas”, e culminam no Dia de São João). O principal momento da festa é a quadrilha, em que vários casais vestidos de caipira encenam uma cerimônia de casamento (que normalmente não acontece).



CONCLUSÃO:



1. NÃO PODEMOS AGIR COMO IGNORANTES (Ingênuos, imprudentes, néscios) – Ef 6.2; Ef 5.15; 2 Co 2.11; Ef 4.27



2. SE TEMOS O CONHECIMENTO DE QUE ALGO É CONSAGRADO A ÍDOLOS, DEVEMOS NOS ABSTER – 1 Co 10.27,28; 2 Co 6.14-17; Ef 5.11



3. TEMOS A RESPONSABILIDADE DE ENSINAR NOSSOS FILHOS A SE POSICIONAREM – Não podemos transferir para a Igreja a responsabilidade que é nossa – Dt 6.3-9; Pv 22.6



4. PRECISAMOS FUGIR DE TODA A APARÊNCIA DO MAL – 1 Co 10.23-33; Pv 6.28










O que diz a Bíblia



Para muitos cristãos, pode parecer que a participação deles nessas festividades juninas não tenha nenhum mal, e que a Bíblia não se posiciona a respeito. O apóstolo Paulo, no entanto, declara em I Coríntios 10.11 que as coisas que nos foram escritas no passado nos foram escritas para advertência nossa. Vejamos o que ele disse: “Ora, tudo isto lhes sobreveio como figuras, e estão escritas para aviso nosso, para quem já são chegados os fins dos séculos”.



O que nos mostra a história do povo de Israel em sua caminhada do Egito para Canaã? Quando os israelitas acamparam junto ao Monte Sinai. Moisés subiu ao monte para receber a lei da parte de Deus. A demora de Moisés despertou no povo o desejo de promover uma festa a Deus. Arão foi consultado e, depois de concordar, ele próprio coletou os objetos de ouro e fabricou um bezerro com esse material, O texto bíblico diz o seguinte:



“Ele os tomou das suas mãos, e com um buril deu forma ao ouro, e dele fez um bezerro de fundição. Então eles disseram: São estes, ó Israel, os teus deuses, que te tiraram da terra do Egito. Arão, vendo isto, edificou um altar diante do bezerro e, apregoando, disse: Amanhã será festa ao Senhor” (Êx 32.4-5).



Qual foi o resultado dessa festa idólatra ao Senhor? Deus os puniu severamente: “Chegando ele ao arraial e vendo o bezerro e as danças. acendeu-se-lhe a ira, e arremessou das mãos as tábuas, e as quebrou ao pé do monte. Então tomou o bezerro que tinham feito, e o queimou no fogo, moendo-o até que se tomou em pó, e o espargiu sobre a água, e deu-o a beber aos filhos de Israel.



O teor religioso das festas juninas não passa de um ato idólatra quando se presta culto a Santo Antônio, São João e São Pedro.



Como crentes, devemos adorar somente a Deus: “Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás” (Mt 4.10). Assim, nossos lábios devem louvar tão-somente o Senhor Deus: “Portanto, ofereçamos sempre por meio dele a Deus sacrifício de louvor, que é o fruto dos lábios que confessam o seu nome” (Hb 13.15). O texto de Apocalipse 7.9 é um bom exemplo do que estamos falando: “Depois destas coisas olhei, e eis aqui uma multidão, a qual ninguém podia contar, de todas as nações, e tribos, e povos, e línguas, que estavam diante do trono, e perante o Cordeiro, trajando vestes brancas com palmas nas suas mãos. E clamavam com grande voz, dizendo: Salvação ao nosso Deus, que está assentado no trono, e ao Cordeiro”.

 
 
 
 
 
 
Saiba mais sobre este tema no site;
http://www.cacp.org.br/midia/artigo.aspx?lng=PT-BR&article=1088&menu=16&submenu=3

DESCUBRA O PODER DE DEUS QUE ESTÁ DENTRO DE VOCÊ







Descubra o poder de Deus que está dentro de você mesmo e que você ainda não conhece! Tem muita gente que aceita o mal da enfermidade corroer por dentro de si, mas não sabe dizer não, eu não aceito. O poder das nossas palavras é mais forte do que uma erupção vulcânica. Você já viu um vulcão em erupção? Assim é do mesmo jeito a virtude de Deus na nossa vida. Deus deixou uma força poderosa do Seu poder, da Sua graça, da Sua unção para usarmos como uma grande arma poderosa para repreender os enfermos, os demônios e toda força contrária na nossa vida. Tem gente que fala tantas palavras negativas ao abrir a sua boca, e não sabe que disso advém uma grande maldição dentro de si mesmo. Por causa da ira, muita gente tem falado palavras sem pensar e trouxe grandes ruínas para suas vidas, e hoje não adianta mais chorar o leite derramado! São pessoas iradas, cheias de ódio, rancor, mágoa, pior do que uma erupção vulcânica, que se martirizam por causa do passado. Só a virtude de Deus pode arrancar isto de dentro de si, mas somente se a gente der lugar para ser curado dentro do íntimo."Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido.
 
 
Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados."(Is53:4,5) Então se você quer a manifestação e o poder de Deus na sua vida, é só você usar a autoridade que Ele te deu. Aí você verá todos os sinais que Ele disse:"Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas."(Jo14:12) Morto ressuscitar, paralítico andar, surdo ouvir, mudo falar, câncer desaparecer e muitas vidas transformadas pelo Seu poder!
 
 
 
 








QUAIS SÃO AS MURALHAS DA SUA VIDA?







Quais são as muralhas da sua vida que precisam ser derrubadas? Josué rodeou a cidade de Jericó por 7 vezes e com um só clamor derrubou as muralhas. Davi com uma simples pedra derrubou um gigante. Você também pode derrubar a muralha que está a sua frente com um simples clamor. "Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes que não sabes."(Jr 33:3) Quantas vezes você tem caminhado em volta da cidade mas ainda não abriu a boca para clamar ao Deus vivo? Não importa o tamanho da muralha que está a sua frente, nem da tempestade que você está passando. Não se deixe levar pelo pavor e o medo, mas clame que o Senhor te ouvirá. Os ventos sopram, a terra treme, mas "o justo nunca jamais será abalado."(Pv 10:30) "Não temerá maus rumores; o seu coração está firme, confiando no Senhor."(Sl 112:7)
 
 
Que o Senhor te abençoe!





VOCÊ NASCEU PARA SER UM VENCEDOR








No dia a dia, a nossa maior luta é contra o nosso próprio "eu". Sofremos pressão de tudo quanto é lado, no trabalho, na rua, até pessoas da nossa própria família muitas vezes nos afrontam com palavras que nos magoam, com calúnias, difamações, críticas e perseguições. Isto pode gerar tristeza, angústia, depressão e desânimo. Mas como podemos vencer isso? Vigiando e orando em todo o tempo com orações e súplicas no Espírito, pois a nossa luta não é só contra este mundo e suas abominações. E se deixarmos o Senhor administrar totalmente a nossa vida, entregando todos os nossos cuidados em Suas mãos, certamente seremos mais do que vencedores. É necessário também nos esforçarmos, olhando para o alvo, como alguém que corre no estádio para receber um prêmio de precioso valor, que é a Vida Eterna! "Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só é que recebe o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis." (1Co 9:24) Que o Senhor te abençoe!

Como é grande o amor que o Pai nos concedeu



“O qual, quando o injuriavam, não injuriava, e quando padecia não ameaçava, mas entregava-se àquele que julga justamente: Levando ele mesmo em seu corpo os nossos pecados sobre o madeiro, para que, mortos para os pecados, pudéssemos viver para a justiça; e pelas suas feridas fostes sarados.” (I Pedro 2:23,24). Quando olhamos para a cruz do Calvário e vemos os nossos pecados ali pregados no madeiro, ficamos mudos diante de tão grande amor pela humanidade. O Seu silêncio perante todas as dores que estava sofrendo era por amor a nós! Era preciso esse sacrifício para que o “véu do templo fosse rasgado”, para que as Escrituras se cumprissem. A maior oferta de Amor! E quantas vezes falamos desse Amor a tantas pessoas e elas rejeitam? Preferem imagens de barro que não falam e se quebram, e não querem o Deus vivo, o Único e Verdadeiro Deus? Vemos tanta maldade e destruição, ódio e matança, os frutos da carne sendo alastrados de forma absurda. Como deve olhar Jesus para tudo isso? Quando pensamos em quantas vezes somos egoístas e mesquinhos, nós que nos dizemos cristãos, que muitas vezes deixamos a nossa velha natureza predominar, não nos sentiremos envergonhados diante do nosso Salvador? Que possamos refletir nisto e falar mais do amor de Jesus ao nosso semelhante a partir de hoje.



 Que a Paz de Cristo, que excede todo entendimento, esteja contigo!




Persevere



Se você fez planos e não deram certo,

Se você tentou dar o melhor de si e não conseguiu,

Se você falhou consigo mesmo...

Comece de novo.



Se você contou aos seus amigos o que planejava fazer,

Se você confiou neles e eles não o apoiaram,

Se agora você está sozinho,

só podendo contar consigo mesmo,

Comece de novo.



Se você falhou com seus familiares,

Se agora você já não é tão importante para eles,

Se eles perderam a confiança em você,

Se você se sente um estranho em seu próprio lar,

Comece de novo.



Se os anos passam tão depressa e os sucessos são poucos,

Se chega dezembro e você se sente triste,

Deus dá um novo janeiro a você.

Comece de novo.



Começar de novo significa:

Vitórias a alcançar



Não fique sentado no trono da derrota :









OLHE PARA CIMA.



Quando estiver em dificuldade

E pensar em desistir,

Lembre-se dos obstáculos

Que já superou.

OLHE PARA TRÁS.



Se tropeçar e cair,

levante,

Não fique prostrado,

Esqueça o passado.

OLHE PARA FRENTE.



Ao sentir-se orgulhoso,

Por alguma realização pessoal,

Sonde suas motivações.

OLHE PARA DENTRO.



Antes que o egoísmo o domine,

Enquanto seu coração é sensível,

Socorra aos que o cercam.

OLHE PARA OS LADOS.



Na escalada rumo às altas posições

No afã de concretizar seus sonhos,

Observe se não está pisando EM ALGUEM

OLHE PARA BAIXO.



Em todos os momentos da vida,

Seja qual for sua atividade,

Busque a aprovação de Deus!
 

"Nunca se afaste de seus sonhos,

pois se eles se forem,

você continuara vivendo,

mas terá deixado de existir".