Salmos

Provérbios







quinta-feira, 20 de maio de 2010

De que forma você encara a vida?




Em I Samuel 17, vemos a história da batalha do povo de Israel contra os filisteus, onde durante 40 dias, o povo de Deus se encontrava acuado, amendrontado, e prestes a uma derrota colossal por causa da afronta de um gigante chamado Golias. Na realidade, além de afrontar o povo de Deus, Golias afrontava o próprio Deus de Israel, zombando do poder e da glória do Senhor todo poderoso. Os espectadores deste fato, viam tudo o que acontecia, e a cada momento mais eram tomados pelo medo e desanimo, trazendo para perto de si a inevitável derrota na batalha, isso acontecia por causa do pessimismo e do medo que levava a falta de visão do que Deus já havia feito e ainda estava por fazer ao Seu povo. A história se desenrolava tragicamente quando aparece um jovem chamado Davi, que aparecera para trazer mantimento aos seus irmãos que lutavam no fronte. Tomado por uma curiosidade interessante, Davi tenta se inteirar do que acontece no local e é informado de tudo, porém, o que nos é interessante aqui, é a forma que Davi vê os fatos, diferente da forma que o restante do povo vê, pois mesmo sendo informado da situação por aqueles que estavam amendrontados e naturalmente contaminaram a informação com pessimismo, Davi encara a situação de uma outra forma, por um outro prisma, e é aqui que eu gostaria de lhe trazer 4 lições, para que diante das lutas e circunstâncias difíceis da vida, você possa encarar a vida de forma diferente e assim sair das batalhas como um (a) vencedor (a).

1º) Crer que o por vir é maior e melhor de que o que passou.

Quando Davi resolve que vai lutar contra Golias e calar a boca do gigante que afrontava o seu Deus, o rei Saul tenta impedí-lo, mostrando que o jovem rapaz era inexperiente e incapaz de vencer uma batalha destas proporções, porém, Davi faz o seguinte relato de um fato acontecido em sua vida: “O teu servo matou tanto o leão como o urso; este incircunciso filisteu será como um deles, porquanto afrontou os exércitos do Deus vivo.” (I Samuel 17. 36). Ou seja, Davi relembra do livramento de Deus no passado, para lhe motivar para o futuro. Nas nossas vidas é da mesma forma, pois os acontecimentos presentes tentam nos desanimar, nos incapacitar, porém, quando olhamos para o que Deus já fez por nós, dos livramentos que nos deu, das vitórias que alcançamos pela graça misericordiosa de Jesus Cristo, conseguimos vislumbrar o tamanho do livramento que o Senhor ainda tem para nos dar, e isso meus amados, é maravilhoso, motivador, e importante para nossa vitória no porvir, por isso não vamos ficar presos no passado, o futuro com Deus será bem maior e melhor!

2º) Crer naquilo que o Senhor te deu e não olhar para o que é dos outros.

Quando o rei Saul vê a determinação de Davi para lutar, ele resolve vestir o jovem rapaz com suas roupas de batalha, isso era uma honra tremenda, pois um plebeu ser vestido com uma armadura real, demonstrava no mínimo que esta pessoa era reconhecida pelo rei como alguém digno e valente, porém veja o que acontece: “Davi cingiu a espada sobre a armadura e experimentou andar, pois jamais a havia usado; então, disse Davi a Saul: Não posso andar com isto, pois nunca o usei. E Davi tirou aquilo de sobre si” (I Samuel 17. 39). Davi se vê envolto naquela roupa desajustada ao seu tamanho, desconfortável, porém real, pomposa, mas que não lhe ajustara bem, e num ato de coragem diz ao rei que preferia ir como ele era mesmo, com o que ele tinha, e não com o que era de outro, essa lição serve para nós quando ficamos de olho nas benção dos outros, nos fatos ocorridos na vida alheia, e desejamos o mesmo para nós, é a síndrome da "grama mais verdinha", quando achamos que o que é dos outros é melhor: quando achamos que a família dos outros é melhor, os filhos dos outros são melhores, o carro, a casa, o emprego dos outros são melhores, e isso gera em nós desconforte e infelicidade, e por consequência traz maldição, isso porque não nos alegramos com o que Deus tão generosamente tem nos dado, por isso não fique de olho no que é dos outros, creia em Deus e viva com o que é seu!

3º) Crer na voz do Senhor e não na voz de homens.

A história continua e Davi chega diante de Golias, que ao ver o jovem rapaz começa a zombar dele, tentando desanimá-lo e amendrontá-lo com a seguinte atitude: “Olhando o filisteu e vendo a Davi, o desprezou, porquanto era moço ruivo e de boa aparência”. (I Samuel 17. 42). Nas horas cruciais da vida, sempre aparecem aqueles que querem nos desanimar, uns até parecem bem intencionados, mas na realidade são boca de satanás para impedir nosso progresso, e os que estão despreparados, que estão distantes de Deus e por isso não reconhecem mais o som de Sua voz, acabam sucumbindo e sendo derrotados pelos problemas da vida, por isso independente do que digam a você, continue seguindo somente a Jesus Cristo.

4º) Crer no poder do Senhor, mesmo que seu problema pareça ser maior.

Davi ao ver o gigante poderia ter desistido, pois ao ver aquele homem com aproximadamente 3 metros de altura, qualquer um estremeceria em suas bases e normalmente sairia em retirada. Imagino a cena daquele crescendo diante de Davi a cada passo dado, porém ao vê-lo e ouví-lo, Davi diz: “Saberá toda esta multidão que o Senhor salva, não com espada, nem com lança; porque do Senhor é a guerra, e ele vos entregará nas nossas mãos”.(I Samuel 17. 47). Os problemas da vida tenta se agigantar a cada passo diante de nós, muitas vezes somos acometidos por situações inesperadas e que parecem impossíveis de se resolver, as vezes são dívidas, outras vezes doenças, e outras vezes ainda discuções ou brigas que parecem que não poderão ser resolvidos, mas saiba que não há problemas que Cristo não possa resolver, Ele mesmo deu a sua vida para pagar nossa maior dívida, curar nossa maior doença, resolver nosso maior problema de relacionamento, isso tudo simplesmente por nos amar e desejar nos ver bem e acolhidos pela Sua graça, poir isso entenda que nada é maior que o poder de Jesus Cristo em sua vida!

Observe estas lições, aplique-as em sua vida e vença pelo poder e graça do Senhor Jesus Cristo.



Soli Deo Gloria.

Pr. José Ricardo Capelari

Nenhum comentário:

Postar um comentário