Salmos

Provérbios







segunda-feira, 14 de junho de 2010

DISCERNIMENTO BÍBLICO--BATALHANDO PELOS PRINCÍPIOS QUE CRISTO ESTABELECEU

CINCO RAZÕES PARA SE JUNTAR A UMA IGREJA BATISTA



Dr. Gail E. Terrell



1. Um crente em Cristo deve se juntar a uma igreja batista porque o próprio Senhor Jesus estabeleceu uma igreja batista



Deus preparou um pregador batista, João, o batista, para ensinar e batizar (imergir) crentes. Jesus endossou a mensagem e batismo do primeiro batista:



Mateus 3:1 -> “E, naqueles dias, apareceu João o Batista pregando no deserto da Judéia... versículo 13: Então veio Jesus da Galiléia ter com João, junto do Jordão, para ser batizado por ele... versículo 15: Jesus, porém, respondendo, disse-lhe: Deixa por agora, porque assim nos convém cumprir toda a justiça. Então ele o permitiu”.



Jesus estabeleceu sua primeira igreja durante os dias de Seu ministério pessoal. Jesus prometeu que esta igreja deveria continuar a existir ao longo da história. Este ensino é conhecido como perpetuidade batista. Jesus comissionou e autorizou esta igreja a ensinar e batizar em Seu nome. Desde que foi fundada por Jesus, o Senhor, as igrejas deste tipo, batistas, tem existido através dos séculos.



Mateus 16:18-> Pois também eu te digo que tu és Pedro [petros, pedra pequena], e sobre esta pedra [petra, grande pedra] edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela; Mt 28:16 -> E os onze discípulos partiram para a Galiléia, para o monte que Jesus lhes tinha designado. Versículo 18: E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra. Versículo 19: Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; versículo 20: Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém. Atos 16:5 -> De sorte que as igrejas eram confirmadas na fé, e cada dia cresciam em número.



Jesus batizou a primeira igreja no Espírito Santo e publicamente mostrou Sua aprovação concernente a sua forma de adoração e demais atribuições no dia de Pentecostes. Este batismo e milagres que o acompanharam foram repetidos mais tarde para autenticar esta obra entre os gentios.



E, cumprindo-se o dia de Pentecostes, estavam todos concordemente reunidos no mesmo lugar; E de repente veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados. E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem. Atos 2:1-2,4.



E, quando comecei a falar, caiu sobre eles o Espírito Santo, como também sobre nós ao princípio. E lembrei-me do dito do Senhor, quando disse: João certamente batizou com água; mas vós sereis batizados com o Espírito Santo. Atos 11-15-16.



O Senhor incluiu na primeira igreja batista crentes ensinados e batizados por João, o batista, um pregador enviado por Deus. Os membros desta primeira igreja foram os apóstolos que eram batistas em crença, prática e batismo. Matias, que foi escolhido para ocupar o lugar de Judas Iscariotes, foi também um batista.



E a uns pos Deus na igreja, primeiramente apóstolos. I Co 12:28. Começando desde o batismo de João até ao dia em que de entre nós foi recebido em cima, um deles se faça conosco testemunha da sua ressurreição. Atos 1:22. E, lançando-lhes sortes, caiu a sorte sobre Matias. E por voto comum foi contado com os onze apóstolos. Atos 1:26.



O batismo (imersão) é uma imagem do evangelho de Cristo, a morte do crente para o pecado e de sua nova vida em Cristo.



Também vos notifico, irmãos, o evangelho que já vos tenho anunciado. I Co 15:1. que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras, vers. 3. que foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras. Vers. 4.



De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida. Rm 6:4.



Assim também vós considerai-vos como mortos para o pecado, mas vivos para Deus em Cristo Jesus nosso Senhor. Vers. 11.



O nome batista é encontrado 14 vezes no novo testamento batizando convertidos e tendo as crenças batistas e batismo batista.



E eu vos digo que, entre os nascidos de mulheres, não há maior profeta do que João o Batista... Lc 7:28.



De sorte que foram batizados os que de bom grado receberam a sua palavra; e naquele dia agregaram-se quase três mil almas; Atos 2:41.



Louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar. Vers. 47.



No Novo Testamento todas as igrejas eram batistas em ensino e no batismo, e não havia necessidade de nomes denominacionais. Estas igrejas eram igrejas batistas e foram identificadas pela região em que estavam situadas. Os ensinos e batismo batistas continuaram apesar das heresias que se espalhavam como erva daninha. Por exemplo, doze homens em Éfeso tinham um falso batismo, mas afirmavam que tinham o batismo de João. Portanto, eles não sabiam nada sobre o Espírito Santo que João pregou.



E eu [João], em verdade, vos batizo com água, para o arrependimento; mas aquele que vem após mim é mais poderoso do que eu; cujas alparcas não sou digno de levar; ele vos batizará com o Espírito Santo, e com fogo. Mt 3:11.



...Paulo, tendo passado por todas as regiões superiores, chegou a Éfeso; e achando ali alguns discípulos, Disse-lhes: Recebestes vós já o Espírito Santo quando crestes? E eles disseram-lhe: Nós nem ainda ouvimos que haja Espírito Santo. Perguntou-lhes, então: Em que sois batizados então? E eles disseram: No batismo de João. Mas Paulo disse: Certamente João batizou com o batismo do arrependimento, dizendo ao povo que cresse no que após ele havia de vir, isto é, em Jesus Cristo. E os que ouviram foram batizados em nome do Senhor Jesus. Atos 19:1-5.



Próximo ao fim do primeiro século, Deus usou o apóstolo João para descrever o declínio espiritual em cinco de sete igrejas batistas na Ásia Menor. Jesus alertou as cinco igrejas erradas que elas não seriam mais dEle se elas não corrigissem seus erros.



“...os sete castiçais, que viste, são as sete igrejas”. Ap 1:20.



“Lembra-te, pois, de onde caíste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras; quando não, brevemente a ti virei, e tirarei do seu lugar o teu castiçal, se não te arrependeres”. Ap 2:5.



“Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas”. Ap 3:5.







2. Um crente em Cristo deve se juntar a uma igreja batista porque uma igreja bíblica é uma assembléia batista



Igrejas bíblicas são assembléias locais que são batistas no ensino e no batismo. Cada igreja batista é comissionada por Jesus com a missão de evangelizar e estabelecer outras igrejas batistas de mesma fé e ordem.



E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra. Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Mt 28:18-19.



Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra. Atos 1:8.



Cada igreja batista é soberana e autônoma, tendo Cristo como seu cabeça.



E sujeitou todas as coisas a seus pés, e sobre todas as coisas o constituiu como cabeça da igreja, Que é o seu corpo, a plenitude daquele que cumpre tudo em todos. Efésios 1:22-23.



E ele é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio e o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência. Cl 1:18.



Cada igreja batista é a casa de Deus. Uma igreja batista é a coluna e firmeza da verdade para preservação da Palavra da Verdade.



Mas, se tardar, para que saibas como convém andar na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, a coluna e firmeza da verdade. I Tm 3:15.







3. Um crente em Cristo deve se juntar a uma igreja batista porque Jesus prometeu que igrejas batistas deveriam existir ao longo da história



Através da história, igrejas batistas ensinaram e batizaram crentes e os organizaram em novas igrejas batistas. Neste processo, batistas distribuíram a Bíblia em cópias traduzidas por todo o mundo. Batistas traduziram e espalharam a Bíblia para os povos em seus idiomas nativos.



“...eu [Jesus] te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela;” Mateus 16:18.



A Bíblia atravessou os séculos no Royal Highway of the Trail of Blood [O Rastro de Sangue], a história das igrejas batistas, assim chamado porque mais de 50 milhões de batistas e dissidentes foram mortos por Roma e também por protestantes católicos. Mesmo sob ódio destas terríveis perseguições, as igrejas batistas continuaram a enviar missionários para pregar a Palavra de Deus.



“E a palavra do Senhor se divulgava por toda aquela província.” Atos 13:49.



Desde que o Senhor Jesus iniciou Sua primeira igreja, batistas [com várias alcunhas] permaneceram através dos séculos, proclamando a Palavra do Senhor em todo o lugar onde fossem e estabeleciam igrejas nesta fé. Eles eram chamados heréticos e Anabatistas (do grego re-imersores) pelos católicos e católicos ortodoxos, protestantes e outras igrejas iniciadas pelos homens porque eles se recusavam a aceitar o batismo destas falsas igrejas. Igrejas Anabatistas usavam a Bíblia como o padrão único de vida batizam todos os crentes que tinham outra forma de batismo.



De sorte que foram batizados os que de bom grado receberam a sua palavra; e naquele dia agregaram-se quase três mil almas, Atos 2:41.



De sorte que as igrejas eram confirmadas na fé, e cada dia cresciam em número. Atos 16:5.







4. Um crente em Cristo deve se juntar a uma igreja batista porque todas as outras igrejas são organizações feitas pelos homens e não são igreja bíblicas de fato



Depois do primeiro século algumas igrejas batistas desenvolveram tão graves erros que seu candelabro foi removido e elas já não eram mais igrejas do Senhor Jesus.



Lembra-te, pois, de onde caíste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras; quando não, brevemente a ti virei, e tirarei do seu lugar o teu castiçal, se não te arrependeres. Ap 2:5.



Essas igrejas erradas mudaram o modo do batismo da imersão para a aspersão e o evangelho da graça pelo das obras. No quarto século, o imperador romano Constantino uniu essas igrejas erradas com seu governo pagão e formou a igreja universal (no latim, católica) visível, que reivindicava ser exclusiva e com o direito de incluir todos os crentes do mundo todo. As igrejas batistas foram cruelmente perseguidas pelas igrejas do governo imperial, católicas. Com o passar do tempo, estas igrejas erradas se dividiram em diversos seguimentos conforme o império romano declinava. Assim, temos daquele período católicos romanos, ortodoxos gregos, russos ortodoxos, coptas egípcios, etc. Também essas igrejas católicas criadas pelos homens se lançaram as armas em cruzadas contra os batistas.



Os batistas continuaram a testemunhar e alguns católicos começaram a examinar a Bíblia. Muitos católicos foram convertidos e se juntaram as igrejas batistas. Alguns lideres católicos romanos creram em Cristo mas amaram mais as conexões com o poder e a opulência governamental que possuíam.



Esses líderes permaneceram católicos, mas protestaram muito contra os erros abusivos do catolicismo, tornando-se conhecidos como protestantes. Eles criaram igrejas e retiveram muito dos erros do catolicismo.

Os protestantes modificaram sua definição de igreja para incluir um corpo invisível, uma igreja católica (universal), incluindo todos os crentes. Note que a Bíblia nunca identifica as igrejas como sendo católicas (universal).



O erro do protestantismo-catolicismo resultou em tantas igrejas criadas pelos homens que elas também são de inúmeros nomes. Nenhuma dessas igrejas são igrejas bíblicas. Na melhor das hipóteses elas são organizações sociais que tentam servir a Deus ao seu próprio modo com suas próprias organizações e não de acordo com a verdade que está na Bíblia.







5. Um crente em Cristo deve se juntar a uma igreja batista porque igrejas batistas ajudam outros a aprender toda a verdade acerca de Deus



Jesus comissionou igrejas batistas a ensinar e batizar crentes:



Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém. Amém.



Amados, procurando eu escrever-vos com toda a diligência acerca da salvação comum, tive por necessidade escrever-vos, e exortar-vos a batalhar pela fé que uma vez foi dada aos santos. Judas 1:3.



Batistas se alegram quando Cristo é pregado por qualquer denominação. Batistas se alegram quando qualquer alma é salva. Porém, batistas não colaboram ou se comprometem com elas. Compromisso com o erro não afeta a eterna salvação de nossas almas, mas afeta nossa recompensa nos céus.



Qualquer, pois, que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e assim ensinar aos homens, será chamado o menor no reino dos céus; aquele, porém, que os cumprir e ensinar será chamado grande no reino dos céus. Mt 5:19.



A obra de cada um se manifestará; na verdade o dia a declarará, porque pelo fogo será descoberta; e o fogo provará qual seja a obra de cada um. Se a obra que alguém edificou nessa parte permanecer, esse receberá galardão. Se a obra de alguém se queimar, sofrerá detrimento; mas o tal será salvo, todavia como pelo fogo. I Co 3:13-15.



Grace Baptist Church

2630 Hamilton-Mason Road

Hamilton (Indian Springs), Ohio, USA







Traduzido por Edimilson de Deus Teixeira

Fonte: I'm Baptist Because (web site)

Nenhum comentário:

Postar um comentário