Salmos

Provérbios







quarta-feira, 2 de junho de 2010

A cobiça

1 Reis 21


1 ¶ E sucedeu depois destas coisas que, Nabote, o jizreelita, tinha uma vinha em Jizreel junto ao palácio de Acabe, rei de Samaria.

2 Então Acabe falou a Nabote, dizendo: Dá-me a tua vinha, para que me sirva de horta, pois está vizinha ao lado da minha casa; e te darei por ela outra vinha melhor: ou, se for do teu agrado, dar-te-ei o seu valor em dinheiro.

3 Porém Nabote disse a Acabe: Guarde-me o SENHOR de que eu te dê a herança de meus pais.

4 Então Acabe veio desgostoso e indignado à sua casa, por causa da palavra que Nabote, o jizreelita, lhe falara, quando disse: Não te darei a herança de meus pais. E deitou-se na sua cama, e voltou o rosto, e não comeu pão.

5 ¶ Porém, vindo a ele Jezabel, sua mulher, lhe disse: Que há, que está tão desgostoso o teu espírito, e não comes pão?

6 E ele lhe disse: Porque falei a Nabote, o jizreelita, e lhe disse: Dá-me a tua vinha por dinheiro; ou, se te apraz, te darei outra vinha em seu lugar. Porém ele disse: Não te darei a minha vinha.

7 Então Jezabel, sua mulher lhe disse: Governas tu agora no reino de Israel? Levanta-te, come pão, e alegre-se o teu coração; eu te darei a vinha de Nabote, o jizreelita.

8 Então escreveu cartas em nome de Acabe, e as selou com o seu sinete; e mandou as cartas aos anciãos e aos nobres que havia na sua cidade e habitavam com Nabote.

9 E escreveu nas cartas, dizendo: Apregoai um jejum, e ponde Nabote diante do povo.

10 E ponde defronte dele dois filhos de Belial, que testemunhem contra ele, dizendo: Blasfemaste contra Deus e contra o rei; e trazei-o fora, e apedrejai-o para que morra.

11 E os homens da sua cidade, os anciãos e os nobres que habitavam na sua cidade, fizeram como Jezabel lhes ordenara, conforme estava escrito nas cartas que lhes mandara.

12 Apregoaram um jejum, e puseram a Nabote diante do povo.

13 Então vieram dois homens, filhos de Belial, e puseram-se defronte dele; e os homens, filhos de Belial, testemunharam contra ele, contra Nabote, perante o povo, dizendo: Nabote blasfemou contra Deus e contra o rei. E o levaram para fora da cidade, e o apedrejaram, e morreu.

14 Então mandaram dizer a Jezabel: Nabote foi apedrejado, e morreu.

15 E sucedeu que, ouvindo Jezabel que já fora apedrejado Nabote, e morrera, disse a Acabe: Levanta-te, e possui a vinha de Nabote, o jizreelita, a qual te recusou dar por dinheiro; porque Nabote não vive, mas é morto.

16 E sucedeu que, ouvindo Acabe, que Nabote já era morto, levantou-se para descer para a vinha de Nabote, o jizreelita, para tomar posse dela.

17 ¶ Então veio a palavra do SENHOR a Elias, o tisbita, dizendo:

18 Levanta-te, desce para encontrar-te com Acabe, rei de Israel, que está em Samaria; eis que está na vinha de Nabote, aonde tem descido para possuí-la.

19 E falar-lhe-ás, dizendo: Assim diz o SENHOR: Porventura não mataste e tomaste a herança? Falar-lhe-ás mais, dizendo: Assim diz o SENHOR: No lugar em que os cães lamberam o sangue de Nabote lamberão também o teu próprio sangue.








È muito difícil ler a narrativa deste texto sem ficar revoltado.Nabote ousou recursar-se a vender a sua  propriedade ao rei Acabe,aparentemente não por um capricho,mas por questão de pricípios.Já o rei agiu como um meninozinho mimado,e por meio de sua malvada esposa,acusou injustamente e assassinou o homem para apropriar-se dos seus bens.Esta é uma expressão muito clara daquilo que a Bíblia chama de cobiça-desejar algo que pertence a outro a ponto de querer tomá-lo a força(neste caso consumando a vontade).Acabe tinha o palácio,riquezas,autoridade,mas como a td cobiçoso,aquilo não lhe bastava.
Não tenho prazer na desgraça de ninguém,mas me agrada ver neste texto a ação divina imediata,mandando o profeta Elias ,dizer a Acabe a sentença por sua maldade.
A cada dia me enojo vendo ou lendo sobre poderosos que abusam dos indefesos ,e se isto acontece no caso de governante mau ,inclui também o empregador injusto,os que espancam crianças ou abusam delas,os que abandonam e destratam idosos para citar alguns.Mas DEUS sabe tudo.
Agora tendo falado dos injustos,uma análise honesta de minha própria consciência,me mostrará que eu mesmo não sou assim tão inocente.Posso não ser um Acabe ,mas sei que também sou réu de juízo,pois minha pretensa justiça é apenas isto;PRETENSÃO.
É só pela misericórdia de DEUS  que um Elias não vem a mim dizer das consequências de minhas ações e omissões.Esta é a mensagem das Escrituras;que de muitas formas tenho ofendido meu Criador e a sentença que paira sobre mim é terrível;mas também que esta mesma sentença já foi executada sobre Jesus Cristo,e que por meio D'Ele tenho perdão e reconciliação com o Eterno e Soberano DEus.



Fonte NHJ(Pão Diaário)

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário